Censo GPRS

Quais são as áreas de formação com maior presença no segmento estratégico da publicidade e propaganda gaúcha? Como os gêneros estão representados e qual é a satisfação dos profissionais com a remuneração?
Em 2017, o Grupo de Planejamento, em parceria com a Favo, ouviu centenas de profissionais do RS para desenhar um retrato do mercado atual. Os resultados você confere aí no vídeo.

O grupo também coletou dados que apontem as necessidades de qualificação, tanto do mercado quanto das instituições de ensino, um dos pilares da gestão atual. "Conhecer as percepções dos estudantes e profissionais da área vai nos ajudar a direcionar o GPRS e a criar estratégias para desenvolver o Planejamento no estado” explica o presidente, Alexandre Laybauer.

 

 

 

 

Confira os highlights e BAIXE AQUI a pesquisa completa.

 

PRAZER, SOU PLANEJADORA!

Mulheres representavam em 2010 apenas 30% dos profissionais que trabalham com planejamento. Em 2017, elas passaram a ser a maioria dos respondentes (54%).

 

 

E ELAS SÃO JOVENS

60,4% das mulheres que responderam à pesquisa tem até 30 anos.

 

 

PLANNERS MAIS MADUROS

Em 2010, 72% tinham idade entre 21 e 30 anos e 15% tinham entre 31 e 40 anos. Atualmente, 56% possui idade entre 21 e 30 anos e 31% entre 31 e 40 anos.

 

 

UMA ÁREA CADA VEZ MAIS MULTI-CONHECIMENTO

Em 2010, a função de planejamento era dominada por publicitários (75%). Atualmente, a maior participação de outras áreas de conhecimento diminuiu esse percentual para 66%.

 

 

PLANEJAMENTO DEIXA DE SER MONOPÓLIO DAS AGÊNCIAS

Em 2010, 82% dos profissionais de planejamento estavam em agências. já em 2017, há mais profissionais em outros tipos de empresa do que em agências de comunicação (somente 48%).

 

 

CARGA PESADA DE TRABALHO

Quase a metade dos respondentes se sente FREQUENTEMENTE sobrecarregada com a sua carga de trabalho.

 

 

EM BUSCA DE VALORIZAÇÃO

A maioria dos planners (57%) não está satisfeita com sua remuneração. Os planners mais motivados com sua atividade profissional são aqueles que estão mais satisfeitos com seu salário.

 

 

FUGA DE CÉREBROS

Apenas 1 em cada 3 planners deseja permanecer no RS futuramente.

 

 

THINK LIKE A BOSS

Mais de 70% dos planejadores estão dispostos a se tornarem empreendedores.

 

 

NOTÍCIAS E BLOGS SÃO AS FERRAMENTAS UTILIZADAS COM MAIS FREQUÊNCIA PARA ATUALIZAÇÃO

79,5% dos respondentes
Mas as mulheres têm preferência por cursos e eventos, com 89,6%
E os homens também acessam artigos e estudos, com 77,5%
Conclusão: mulheres são mais sociais e empáticas.

 

 

DIFERENÇA SALARIAL

53,8% dos homens que responderam a pesquisa ganham acima de R$4.000,00
Este número cai para 35,4% quando falamos das profissionais do sexo feminino

 

 

AINDA PRECISAMOS TRABALHAR PELA INCLUSÃO

Apenas 2 profissionais de planejamento no estado são negros. Ambos são homens e jovens (24 e 26 anos). É um reflexo das próprias universidades.

 

BIG DATA É A PRINCIPAL DEMANDA DOS PLANEJADORES

65% dos que trabalham em agência de comunicação
50% dos que trabalham em agência digital
83% dos que trabalham em consultoria de marca
Mas Estratégia é a principal demanda de quem trabalha com pesquisa de mercado ( 75%)
E inteligência de mercado a principal demanda dos profissionais de marketing das empresas (77,8%)

Gostou? Compartilhe!Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *